quinta-feira, 11 de janeiro de 2018


Odeio palhaçada, eu não tenho nada a perder. 
 Quer ser arranhado, AVISA!!

Enigma.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Preparado? 1, 2, 3... (...), 8, 9, 10... Já!


Não estou para voltar atrás de exatamente nada.
Agora é comigo. Chegou a hora de brincar também.

Enigma



quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

O virar das páginas...


No livro da minha vida estava escrito que eu precisava viver uma página de cada vez, era assim, sem pressa e ou expectativas. Lembrei de um capítulo bem interessante, talvez uma página, um verso, uma palavra (recordações). A partir de hoje eu darei um novo sentido ao meu livro. Aprecie o virar das páginas...


Enigma

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Aroma doce de baunilha




 ENVOLVEREI você em sentimentos, desejos e beijos. 
A primavera  (a) flora em mim...  TODAS AS CORES DO AMOR.

Enigma

terça-feira, 23 de outubro de 2012

O universo dos anjos e das potestades...

   

Hoje eu vou me atrever a escrever um pouquinho sobre o meu mundo, sobre o meu mundo torto, esse mundo que sempre vejo virado de cabeça para baixo. Engraçado, já imaginei o mundo de outra forma, mas é estranho, o nosso mundo sempre segue contrário a tudo aquilo que parece ser o certo. Mas isso não importa, o que realmente precisamos saber é que corremos o sério risco  do nosso mundo se perder por completo, e é por isso que sofremos e sempre estamos angustiados. Tudo pode acontecer por aqui, estamos em tempos de guerra, uma guerra entre as forças do bem e do mal. Não queria assustar a ninguém, mas preciso contar acerca do que nos foi imposto por Eles, ninguém que conhecesse um Skrah e sobrevivesse poderia revelar aos outros viventes. Esses que trouxeram a proibição possuem aparência de bondade, mas ninguém pode saber que Eles também habitam no nosso meio . Antes nem eu mesma acreditava, parecia alucinação, mas não, a verdade é que aqui nesse mundo existem seres belíssimos que voam pelos céus e que buscam tragar a alma dos viventes, esses seres nos perseguem o tempo todo, mas Eles, os outros... Eles sabem como nos livrar dos ataques que todo o mal arma para nos destruir e matar, infelizmente eu deixei de acreditar nisso. Um certo dia eu estava a caminhar na beira do Mar de Meaghe, quando de repente, não mais que de repente, um Skrah saiu de dentro do mar, foi horrível, senti o meu sangue sair pelos poros de tanto pavor. Se aquela criatura era um anjo transfigurado em luz, eu não sei, nunca vou saber ao certo. Mas ele estava ali, bem diante de mim... ainda com as asas molhadas, ele voava em círculos pelo ar, o seu corpo desnudo tinha um brilho que cintilava , ele era muito sedutor, mas eu sabia que ele viria me matar... eu não podia mais me mover, quando isso acontecia tínhamos que enfrentar O ANJO, mas aquela luta era mais do que desleal, os outros não estavam por perto, eu havia deixado de acreditar no que Eles diziam, tudo era proibido por conta do mal, preferi seguir a vida sem contradições, esse foi o meu grande erro, mas já era tarde demais, não tinha como voltar a minha decisão. Subitamente Skrah se voltou e veio em minha direção, voou em grande velocidade, o meu cabelo  revolto com o vento não me deixava enxergar, se eu corresse seria pior, então me lancei no chão, fechei os olhos e tentei não respirar. Eu sabia que tinha chegado a minha hora, eu era uma presa fácil. O tempo deixou de transcorrer, tudo parou no instante em que ele pousou diante de mim.  Eu nunca tinha ouvido a voz de um Skrah, mas ele falou comigo:

 __ Sei que respiras, sinto a tua vida a exalar o perfume das flores. Façamos um acordo, abra os olhos, deixar-te-ei viver por mais um espaço de tempo.

Aquela foi a voz mais linda que já ouvi. Ele estava a sussurrar essas palavras com a boca perto da minha boca, por mais estranho que parecesse, senti como se ele fosse um vivente, eu senti o calor do seu corpo junto ao meu. Resolvi abrir os olhos, era impossível de acreditar, ele era perfeito, continuei imóvel, e ele sorriu o sorriso da eternidade. Percebi que enquanto ele voava parecia com um ser celestial, sua estatura era muito superior a nossa, mas ali ele se igualou a minha forma, provavelmente ele se transformou enquanto eu estava com os olhos fechados. Eu precisava falar alguma coisa, percebi que ele esperava qualquer movimento em falso, ele já estava pronto para tomar o folego da minha vida. Skrah era um anjo... O ANJO DA MORTE.


(Continua)... Enigma.



quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Hoje eu acordei o desejo...


O jardim florido e alegre morreu sem viço e sem cor. Gritei o teu nome mais de mil vezes, fantasmas, vultos, medo, lembranças do quase nada que tu me deste. Hoje eu acordei a dor, a dor dos que sofrem por amor. Hoje eu acordei a cor, a cor do sangue que escorre a vida. Hoje eu acordei o desejo, o desejo que embriaga o corpo de prazer e que depois dissolve. Hoje eu acordei...

Enigma




quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Perguntas e respostas...

Meme do Denis (Terra dos sonhos)




Recebi do amigo Denis do blog “Terra dos sonhos” http://sonhosdesperto.blogspot.com.br/
esse meme com perguntas pessoais e humor à mistura.


Regras:

Avisar o blogueir@ que o/a indicou quando postar o Meme.
Seja sincero/a nas respostas, ou não responda .
Terá que fazer 5 indicações do mesmo, para que tenha continuidade .
No final da postagem, dedicar um tema a quem o/a indicou .
Se for contra estas regras recuse fazer o Meme .

Minhas indicações:

CristaCristalCristalina do blog “Olhos azuis”:
 http://olhosazuis26.blogspot.com.br/

Everson Russo do blog “Livro dos Dias Dois”:
http://olivrodosdiasdois.blogspot.com.br/

Luciene RRoques do blog "LUCIENE RROQUES":
http://lucienerroques.blogspot.com.br/

Chica do blog “Coisinhas da chica”:
 http://cronicasdachica.blogspot.com.br/

Smareis do blog “Refletindo com a Smareis”: http://caminhostropecosevitoria.blogspot.com.br/

Deixo aberto o convite aos demais amigos(as) a participarem desse meme.
Nesse blog não existe frescura. Será um prazer, é só avisar
que eu incluo o seu blog na lista... Rsrs!!

Perguntas:

1° - Algo que você não fala pra ninguém ?
R: Enigma. Rsrsrs

2° - Se você pudesse ouvir apenas uma música no próximo mês, qual seria ?

3° - Um sentimento que nunca sentiu ?
R: Sou um oceano de sentimentos

4° - A pessoa mais importante pra você ?
R: Deus pai, Deus filho e Deus Espírito Santo.

5° - Agora aonde você queria estar ?
R: Com um novo amor no meu paraíso particular.

6° - Já deram um tapa na sua bunda, gostou ?
R: Rsrsr, essa foi forte (abafa o caso).

7° - Quem levaria para uma ilha deserta ?
R: Não sei.

8° - Quem você mandaria pro Iraque com uma camisa escrita "I love USA" ?
R: Ninguém merece, gente! Kkkkkk...

9° - ? oxıɐq ɐɹd ɐçǝqɐɔ ǝp ɐpıʌ ɐns ɐ ɐxıǝp ǝnb O
R: Mordidinhas na nuca (sem comentários). Aih!

10° - Se alguém lhe dissesse que você poderia realizar um sonho agora, qual seria?

11° - Algo que gostaria de fazer, mas que não tem ou teve oportunidade ?
R: MILHÕES DE COISAS (já fiz e vou fazer muito mais). Rsrsrs!!

12° - Você não sai de casa sem o quê ?
R: A Bíblia.

13° - Já beijou ou beijaria alguém do mesmo sexo ?
R: Rsrs, já dei vários selinhos no espelho. EU ME AMO!

14° - O que estaria fazendo se não estivesse fazendo isto ?
R: Estudando.

15° - O que está pensando agora ?
R: Em ir caminhar na beira da praia daqui a pouco.



domingo, 30 de setembro de 2012

O absurdo eu imaginário...



O absurdo eu imaginário, (in) completo,
observa o passado no presente insatisfeito, abatido e inquieto.   


Enigma.

terça-feira, 17 de abril de 2012

As reticências do amor...



Reticências, um sentimento que eu ainda não sei explicar, um conceito indefinido, infelizmente eu desconheço o motivo. Portas abertas, um toque, desejo, sensações, guizos, luzes, continuo sem saber, silêncio... 

Enigma.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

As leis do meu indelével sentir...



Vou infligir as leis do meu indelével sentir
O sentimento que reside nesse momento
É luz que irradia, ilumina e sinaliza o fim
Continuo a ditar palavras no silêncio
Não estou vazia, estou eu, (in) completa.
Devaneios e (in) satisfação...

Enigma.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Timidez


Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve...
- mas só esse eu não farei.
Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes...
- palavra que não direi.
Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
- que amargamente inventei.
E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando...
e um dia me acabarei.


 (Cecília Meireles)

sábado, 24 de setembro de 2011

Flores da nova estação...



Vou escrever  letras em cifra
 Talvez isso seja um tipo de inspiração
Sentimentos de luz que irradia o meu ser
Permanente entusiasmo e fascinação
Mais que um simples expressar de letras
 Um suave balsamo feito de emoção
A felicidade é um insigne sorrir
Que vem da alma como definição

Enigma.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Onde moram os anjos...


Hoje eu vou escrever o triste verso dos inocentes
 Vou traçar linhas implícitas em lágrimas de dor
Tudo é sofrimento nesse rio congelado e frio
Essas asas não te fazem voar e nem sair daqui
 O jeito é esperar o tempo voltar atrás
Não quero rimas que deturpem o meu sentir
 Any, olha o céu onde moram os anjos
Ainda podemos sonhar sem fingir
 Any, confia em Deus... Ele está aqui.


Nota: Any é uma menina linda, tem apenas 15 anos. Any está com leucemia e está lutando contra o câncer há 2 anos. Semana passada os médicos disseram que Any tem pouco tempo de vida. * Meu anjinho, você irá vencer esse mal, confia em Deus!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Leve desatino...


É tão fria e inóspita a razão do meu viver
que me encontro em leve desatino.
 Escrevo o que sai da alma,
 um rumor descomedido,
descompensado ser abatido.
  E continua as piruetas e malabares
depois do assumido e
destemido riso do destino.
             
Enigma

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Eu não sinto dor...


Vou fechar os olhos e contar até três. 
Caso eu não consiga, mantenho os olhos fechados e conto outra vez.
   Eu não sinto dor, eu não sinto tristeza, eu não sinto o meu coração bater.  

Enigma.

sábado, 2 de julho de 2011

Castelos de infância...


Ela anda pela rua sem ter direção
Seus castelos de infância caem pelo chão
 Mas no interior existe um grande amor
E apesar de todo sofrimento é feliz.

Samadello

sábado, 18 de junho de 2011

A Síndica do condomínio pensa que eu sou idiota.

O blog é sem frescura, eu preciso desabafar... pronto!
Escrevo o que eu sentir vontade. Estou transtornada com essa situação,
Todos com pele de cordeiro, que revolta (eu não posso perder a paciência).

Enigma.


quarta-feira, 1 de junho de 2011

Frio.


Hoje eu sou o frio de uma madrugada,
de uma madrugada sem a menor
pretensão de amanhecer...

Enigma.

domingo, 22 de maio de 2011

O sócio e a esposa...

Um homem contratou um detetive particular para investigar um dos sócios da empresa. Após alguns meses de investigação o detetive entra no escritório do ansioso desconfiado e faz-lhe o seguinte relatório: ""Senhor Francisco, todos os dias o Senhor Wilson deixa seu escritório e enquanto trabalha ele entra em seu carro, dirigi-se à sua casa, almoça, deita-se em seu sofá, descansa assistindo futebol em sua linda TV, depois faz amor com sua esposa, banha-se em seu banheiro e retorna ao escritório, onde o encontra ainda trabalhando. Isso é tudo!" - diz o detetive.


Francisco que ouvia atentamente, levanta-se com um enorme sorriso nos lábios e fala ao detetive: " - Então todas as minhas suspeitas são absurdas? Meu sócio não está tendo um caso com minha mulher?!? Que bom! Quanto eu..." Antes que concluísse o detetive o interfere dizendo: Espere aí Sr. Francisco, não foi isso que eu disse. Acho que não fui claro. Todos os dias o sr. Wilson deixa o teu escritório, e enquanto trabalhas ele entra em teu carro, dirigi-se à tua casa, almoça, deita-se em teu sofá, descansa assistindo futebol em tua linda TV, depois faz amor com tua esposa, banha-se em teu banheiro e retorna ao escritório, onde o encontra ainda trabalhando!"


Percebeu? O uso do pronome adequado acabou com a ambiguidade. Perceba que quando o detetive usa o pronome possessivo indicador de segunda pessoa a história muda de figura. Ele estava dizendo, desde o início que o sr. Francisco estava sendo traído mas de forma ambígua e a troca de pronomes deixou o homem ciente daquilo que realmente acontecia entre o sócio e a esposa.

Jackson cruz dos santos.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Censura...



Censura é ter que calar um sentimento,
Um grito, um lamento...

Enigma.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Quem sabe isso quer dizer amor...




Cheguei a tempo de te ver acordar

Eu vim correndo à frente do sol

Abri a porta e antes de entrar

Revi a vida inteira



Pensei em tudo que é possível falar

Que sirva apenas para nós dois

Sinais de bem, desejos vitais

Pequenos fragmentos de luz



Falar da cor dos temporais

Do céu azul, das flores de abril

Pensar além do bem e do mal

Lembrar de coisas que ninguém viu

O mundo lá sempre a rodar

E em cima dele tudo vale

Quem sabe isso quer dizer amor,

Estrada de fazer o sonho acontecer



Pensei no tempo e era tempo demais

Você olhou sorrindo pra mim

Me acenou um beijo de paz

Virou minha cabeça



Eu simplesmente não consigo parar

Lá fora o dia já clareou

Mas se você quiser transformar

O ribeirão em braço de mar



Você vai ter que encontrar

Aonde nasce a fonte do ser

E perceber meu coração

Bater mais forte só por você

O mundo lá sempre a rodar,

E em cima dele tudo vale

Quem sabe isso quer dizer amor,

Estrada de fazer o sonho acontecer



Márcio Borges e Lô Borges

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Quérulo...



Ontem eu tentei, hoje eu decidi, amanhã eu resolvo...

Enigma.


terça-feira, 22 de março de 2011

Mas sei que agora é diferente...

Tenho estado com a agenda cheia, isso até que é bom, mas por outro lado, me sinto distante das coisas e das pessoas que eu tanto gosto . Sinto falta dos meus amigos(as) virtuais. Vou tentar organizar melhor o meu tempo...

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

É curioso como não sei dizer quem sou...



É curioso como não sei dizer quem sou. Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer. Sobretudo tenho medo de dizer porque no momento em que tento falar não só não exprimo o que sinto como o que sinto se transforma lentamente no que eu digo.



Clarice Lispector

quinta-feira, 29 de julho de 2010

O espelho da alma...


Descobri que a real ilusão é a existência do ser físico.

Um momento. Um insigne jazido...



Enigma amore mio. Je t'aime.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

O ESSENCIAL É INVISÍVEL AOS OLHOS...





Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.

Antoine de Saint-exupéry


segunda-feira, 19 de julho de 2010

Um motivo de sensação e prazer...



Cada dia uma sensação, um motivo, um prazer e uma pedra no meio do caminho. Cada caminho é uma sensação, um motivo, uma pedra e prazer no meio do dia. Cada motivo um prazer, uma sensação do caminho no dia em meio à pedra. Cada prazer um dia de um motivo, e a sensação de uma pedra no meio. Cada pedra um motivo no meio do prazer, e um dia de sensação. Cada sensação, uma pedra de um dia no prazer sem motivo. Cada meio de um dia, um motivo de sensação e prazer.

(Inspirada em Drummont)

Enigma.



terça-feira, 13 de julho de 2010

Atracção subtil...


Eu sou atraída pelo o que há de mais puro e subtil (nos corpos).


Enigma amore mio. Je t'aime.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

A sucessão dos sentimentos...


O porquê do amor que eu sinto, eu não sei responder (não sei).
Assim eu sou como o mar, o mar que percebe as suas ondas
mais intensas quando se lança sobre as pedras.

Enigma.